Em todas as palestras e cursos que tenho ministrado nos últimos tempos, sempre procuro fazer uma interação com o público presente, utilizando algum aplicativo de celular, seja para fazer uma pequena pesquisa de percepção sobre algum tema ou para realizar pequenos quizzes. Quiz é o nome que se dá a um jogo de perguntas e respostas curtas que tem como objetivo fazer uma avaliação sintética sobre determinado assunto.

Sempre que falo para os integrantes da plateia pegarem seus celulares para fazerem uma atividade, percebo uma mudança em seus semblantes, denotando um ar de satisfação. Não podemos ignorar o fato de que o smartphone, hoje, acaba sendo uma extensão dos corpos físicos e as pessoas, de forma geral, gostam de usá-los, sempre que possível. Ao fazer isso num ambiente de aprendizagem há uma quebra de estado salutar ao processo de aprendizagem.

De todas as atividades que tenho realizado com o uso do celular, percebo que o quizz é o que propicia maior engajamento das pessoas, pois ele tem incorporado, em si, o conceito de gamificação, na medida em que sempre haverá um vencedor ao final do jogo. Percebo que quando comunico e explico, logo no início de um curso, que farei um quizz ao seu final, há uma atenção diferenciada da plateia nos assuntos debatidos, pois sabem que, ao final, participarão de um jogo em que poderão sagrar-se vencedores. Devemos lembrar que o ser humano, de forma geral, é competitivo e gosta de estar em evidência.

Há vários aplicativos gratuitos que permitem a realização de quizz com a plateia, mas quero aqui destacar o Kahoot, pela sua usabilidade, ludicidade e visual moderno. O kahoot é um jogo de perguntas e respostas curtas em formato de múltipla escolha em que, sagra-se campeão, a pessoa que acertar mais questões no menor tempo possível. A cada pergunta feita à plateia, estipula-se, na plataforma, um tempo máximo de respostas (entre 10 e 20 segundos, em média). Cada participante responde em seu celular a resposta que julga correta à pergunta feita na projeção. A cada término de questão, mostram-se as três pessoas que estão à frente na competição, bem como o número de pessoas que respondeu a cada alternativa de resposta. Esse feedback instantâneo propiciado pela ferramenta é excelente ao professor, pois permite retomar questões que não foram efetivamente aprendidas. Vai muito ao encontro do que se prega na pedagogia moderna em que o professor deve usar o momento da avaliação como um novo momento de aprendizagem.

Diante do exposto, sugiro fortemente que professores que ainda não fazem uso do Kahoot em sala de aula, que o façam. Irão perceber que o grau de comprometimento e engajamento dos alunos durante as aulas aumenta substancialmente e, principalmente, o processo de aprendizagem torna-se melhor, na medida em que o professor identifica, em tempo real, as maiores dificuldades dos alunos durante a aula. A utilização dessa ferramenta é muito simples, bastando que nas aulas, o professor e alunos tenham acesso à internet. A seguir deixo um link que dá acesso a um tutorial no Youtube que mostra, de forma, simples e direta, um passo a passo para o professor fazer uso dessa ferramenta. Bom proveito. 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vamos Conversar?

Entre em Contato Comigo

Endereço

Av. do Batel, 1230, Torre BTC, Sala 02 – Batel, Curitiba – PR, 80420-090

Contato

contato@institutocasagrande.com

41 3079 7090

Facebook
Instagram
WhatsApp chat